Blog de um benfiquista. Fala-se do glorioso (obviamente) mas fala-se também de situações do dia a dia com as quais embirro solenemente.

06
Out 09

Quando goleámos o Belenenses foi porque ía descer de divisão.

Quando goleámos o Leixões foi porque foi contra 9.

Quando ganhámos ao Leiria foi de bola parada.

O Paços de Ferreira tinha uma das melhores defesas do campeonato (tinha... antes de jogar contra nós), empatou em casa com o FCP e perdeu em alvalade no último minuto com um golo milagroso do Liedson. 

Poizzz... 3-0 aos 40 minutos e jogo arrumado.

Sem espinhas.

Qual vai ser a desculpa desta vez que os comentadores das TVs e dos jornais vão arranjar para minimizar a vitória do glorioso? Estou curioso de ver...

publicado por papoila saltitante às 10:22
sinto-me: Orgulhoso

29
Set 09

Esta história das selecções que elogiei aqui no último post, tem efeitos perversos. A fazer crer nas noticias da imprensa de hoje iremos jogar a Paços de Ferreira sem Aimar, Di Maria e Maxi. Se as ausências de Di Maria e Maxi podem ser compensadas por Coentrão e Rubem Amorim já a ausência de Aimar levanta problemas mais complicados porque se somam ao desgaste de um jogo fora na Liga Europa. Já não é só a necessidade de substituir 3 jogadores mas é fazê-lo num quadro em que os outros estão mais cansados.

Com Carlos Martins ainda a recuperar da lesão e sem ritmo para este jogo, existem 3 hipóteses no plantel para substituir Aimar: Nuno Gomes, César Peixoto e Filipe Menezes.

A opção Nuno Gomes dará naturalmente um maior poder ofensivo no último terço do campo mas tenderá a aumentar a distância entre os médios e os avançados uma vez que o Nuno não é um transportador de jogo natural como o Aimar que muitas vezes vem quase junto de Javi buscar a bola para arrancar com ela pelo meio campo adversário. Nuno é muito mais um jogador de tabelas rápidas já no último terço do campo pelo que a opção por ele implicará o adiantamento de Javi (impedindo naturalmente as cavalgadas de David Luiz) ou uma maior tendência de Ramires encostar ao meio (deixando orfã a meia direita).

Já a opção César Peixoto é uma incógnita. No único jogo onde jogou na posição 10 (em Poltrava) jogou bem mas perdemos. Além disso a sua utilização na posição 10 obrigaria a uma 4ª mudança na equipa dos últimos jogos com a entrada de Schaffer para lateral. Já seriam 4 alterações em 11 o que provavelmente acabaria por afectar os automatismos da equipa. Das 3 hipóteses confesso que é a que me agrada menos.

Por fim a opção Filipe Menezes. O miúdo tem bons pés conforme se viu o jogo com o Bate Borisov mas será que está preparado para um jogo duro como vai ser o de Paços? Só JJ saberá mas é um facto que a sua utilização será a opção que permite melhor manter os automatismos da equipa com Javi mais atrás a varrer todo o meio campo defensivo e a recuar quando David Luiz avança criando desiquilibrios no meio campo e também permite que Ramires abra mais na meia direita compensando nclusive a menor propensão atacante de Ruben face a Maxi.

Olhando para as opção que JJ tomou no jogo com o Bate (poderia perfeitamente neste jogo ter apostado em Peixoto para 10 e Schaffer para lateral) parece-me que será esta a opção.

Vamos ver. A única coisa que não tenho dúvidas é que este vai ser o jogo mais dificil de todos os que já fizémos. Mais ainda que Leiria e Guimarães. O Paços já mostrou em Alvalade e em casa com o Porto que tem uma defesa muito certinha (mesmo sem recorrer em excessivo à falta - vamos ver se mantém este registo contra nós), e que é perigoso no contra ataque. Vão estar moralizados com a perspectiva de um Benfica mais fraco devido ao desgaste do jogo em Atenas e devido à falta de 3 titulares habituais. E, como é óbvio, vão usar aquela reserva extra de energia que todas as equipas têm quando jogam com o Benfica.

Se ganharmos 2ª daremos um grande passo para consolidar a equipa e mostrar que o plantel tem realmente alternativas para uma época longa e desgastante.

Força Benfica.

 

 

publicado por papoila saltitante às 10:53
sinto-me:

27
Set 09

Lindo. 43000 espectadores estiveram na Luz hoje a aplaudir o glorioso e a testemunhar mais uma goleada.

Ramires é um portento a jogar à bola. Cardozo está a mostrar o erro monumental que Quique cometeu ao deixá-lo no banco a maior parte da época passada. Di Maria é um martir. A quantidade de cargas violentas que ele levou hoje é inacreditável.

Fico "banzado" quando oiço o paspalho do treinador do Leixões após o jogo a reclamar com a dualidade de critérios do árbitro e a elogiar os primeiros 30 minutos da equipa até à expulsão do Pouga. Como é que é possível ser-se tão anormal? O Leixões veio à Luz jogar com 11 defesas com entradas violentas sobre o Di Maria e sobre o Ramires logo nos primeiros minutos sem serem admoestadas. Anti jogo constante, não saiam do seu meio campo e cometiam faltas sucessivas para travar os jogadores do Benfica. Isto tudo com o beneplácito do arbitro.

Inacreditável.

publicado por papoila saltitante às 00:11
sinto-me:

21
Set 09

Na sexta feira fiz aqui uma antevisão do jogo de Leiria onde tentei adivinhar o onze inicial (falhei apenas no Cardoz devido a dificuldades fisicas) e na antevisão do jogo.

 

Antes que me venham falar do penalty sobre o Aimar, vejam por favor a falta do Panandetiguiri aos 54min. Já tinha visto um amarelo e seria o segundo e consequente vermelho. é claro que Jorge Sousa marcou a falta mas amarelo, nada.

 

Aos 56min o jogador do Leiria, Mamadou, baixa a cabeça até ao nível dos joelhos e foi o David Luiz que foi punido com jogo perigoso. Deveria ter sido jogo perigoso passivo do jogador do Leiria e livre indirecto dentro da área do Leiria.

 

Por fim o penalty. É obvio que é penalty. O mesmo Mamadou tenta cortar a bola num lance que mais parece karaté que futebol e atinge Aimar. Não interessa se toca ou não na bola. Derrubou o Aimar dentro da área logo é penalty.

 

E para que não digam que são só os Benfiquistas que dizem isto, fica aqui a leitura de "A Bola", nestes lances:

 

 

 

publicado por papoila saltitante às 09:50
sinto-me:
música: We are the champions

14
Ago 09

Vai começar a liga. Nós benfiquistas estamos manifestamente optimistas devido à pré época realizada (e ao contrário do que os "outros" tentam fazer querer nós não somos habitualmente os campeões da pré época, basta ver que o ano passado por esta altura praticamente só tinhamos vencido o Vitoria de Guimarães).

No entanto este optimismo tem que ser moderado porque como costuma dizer-se "eles andam aí".

Vamos ter que estar muito atentos e denunciar implacavelmente todas as situações menos claras que são useiras e vezeiras:

1. As pseudo ajudas ao Benfica que normalmente acontecem em alguns jogos no inicio da época mas que servem apenas para lançar poeira para os jornais mas na realidade acabam por não ter verdadeiramente nenhuma influência nos resultados (ex: penalties mal assinalados quando já não são necessários, etc) mas que servem para criar um coro de "aqui d'el rei que o Benfica está a ser levado ao colo" e qual é o resultado: quando as coisas são verdadeiramente a sério os "outros" são então "compensados" com erros que valem verdadeiramente pontos. Para que fique bem claro: não queremos nenhuma ajuda! Queremos isenção para nós e para os outros. Sempre!

2. Os erros a favor dos outros. Já começou. Não vi ninguém a falar nisso na imprensa desportiva mas a grande fífia do Cassio na supertaça acaba por ser um erro do árbitro. Passo a explicar (com a devida vénia ao blogue "Gloriosa Fúria Vermelha"): num pontapé de baliza, a bola tem que sair completamente da grande área antes de poder ser tocada por outro jogador. Como isso não aconteceu neste caso (o jogador que devolve a bola ao Cassio para a fífia subsequente toca em cima da linha da grande área), o pontapé de baliza deveria ter sido imediatamente repetido.

É pena o "melhor árbitro Português" não ter reparado. São coisas que acontecem mas infelizmente acontcem sempre a favor dos mesmos quando é a doer…..


 

publicado por papoila saltitante às 17:58
sinto-me:

04
Ago 09

Como costuma dizer-se na minha terra, "a minha alma está parva". Não é que hoje ao ler o jornal "A Bola" na habitual crónica das terças feiras do Miguel Sousa Tavares (para quem não sabe este senhor é o tal que um dia declarou que ser do FCP em Lisboa é pior do que ser muçulmano na Bósnia....) me deparo com um elogio ao glorioso!

No inicio ainda pensei que fosse uma das pseudo ironias do costume mas depois ao ler a dita crónica fiquei estupefacto: o homem estava mesmo a elogiar a politica de contratações deste ano (pelo meio uma bicada no negócio da Sagres para o financiamento), a atitude desmonstrada pela equipa nos jogos de preparação e, imagine-se, a vitória no Torneio de Amesterdão.

Eu que tenho estado ainda muito cauteloso na apreciação da equipa para não ser apanhado pela onda habitual da pré época, começo agora a ficar mesmo esperançado. Pois se até um Anti Benfiquista Primário como é o MST nos elogia, é porque realmente algo de bom se perspectiva.

Saudações benfiquistas.

 

publicado por papoila saltitante às 10:20
sinto-me:

17
Jul 09

É um orgulho ver esta foto nos principais jornais nacionais:

 

 

Alguma dúvida sobre quem é o maior clube naciona?

Eu não tenho.

publicado por papoila saltitante às 09:32
sinto-me:

18
Mai 09

Caro Rui,

Em primeiro lugar deixa-me exprimir a minha admiração pelo teu Benfiquismo sempre expresso nas atitudes que tiveste ao longo da tua carreira de jogador.

Dito isto acho que neste final de época que todos esperávamos que fosse melhor tens uma grande oportunidade para marcar a diferença também nesta tua carreira de dirigente desportivo: mantém o treinador até ao final do seu contrato e dá-lhe todo o apoio que ele precisa no inicio da próxima época quando acontecer o primeiro resultado negativo (seja esse momento quando for).

O Benfica teve 15 treinadores nos últimos 14 anos. Alguns deles treinadores de prestigio que antes e depois de terem treinado o Benfica tiveram resultados positivos noutros clubes. Uns Portugueses (Jesualdo, Fernando Santos, Toni),  outros estrangeiros (Trapattoni, Koeman, Jupp Heinkes, Camacho, etc). Nenhum à excepção de Trapattoni consegui vencer e mesmo este despediu-se (ou foi despedido) após a conquista do título.

Não levar o contrato do Quique até ao fim será retomar novamente este ciclo do eterno recomeço e dos projectos sempre adiados. É certo que Quique cometeu erros, alguns deles graves, sendo provavelmente o maior de todos o facto de ter mantido como segunda ou terceira escolha durante dois terços do campeonato o melhor ponta de lança que o Benfica teve nos últimos 25 anos (desde Magnusson que não vi nenhum ponta de lança no Benfica com o faro para o golo e a espontaneidade de remate que Cardozo tem). Como estes últimos 11 jogos provaram se a equipa jogar para ele, Cardozo retribui com golos. E isso, meu caro Rui é algo muito precioso no futebol de hoje.

No entanto estes últimos jogos do campeonato mostraram um Quique finalmente mais flexível tacticamente, mais adaptado ao futebol Português e se não houvesse uma quebra anímica na equipa após a derrota com o Guimarães (que é algo que no Benfica infelizmente acontece frequentemente devido a este processo de autofagia que nos consome permanentemente) acho que teríamos um final de época digno e que, embora já não desse para o primeiro lugar, tenho a certeza que nos levaria ao segundo e consequentemente às pré eliminatórias da champions.

A postura do Quique na forma como sempre abordou as questões, na forma como deu a cara, na forma como, enfim, reagiu a esta semana negra na vida do Benfica antes do jogo com o Braga merecem que o Benfica seja um clube digno e honre o contrato que tem.

Todo o folclore que houve nesta semana não é digno da história e do prestigio do Benfica. O Benfica não deveria contactar com nenhum treinador enquanto tem contrato válido com Quique e muito menos com o treinador da equipa com quem vai jogar no fim de semana um jogo decisivo para a qualificação das duas equipas.

Não sei se houve ou não contactos com Jorge Jesus. Se os houve é pena para o prestigio da instituição Benfica (como costuma dizer o nosso presidente), se não os houve deveria ter havido uma comunicação pública e enérgica tua ou do presidente a garantir que não tinha havido nenhum contacto com Jorge Jesus ou com os seus representantes. Em qualquer dos casos o Benfica falhou.

Por tudo o que disse anteriormente acho que a medida mais sensata para o futuro do nosso clube é manter Quique mas mantê-lo com o apoio necessário e não como aconteceu ao Fernando Santos no final da época 2006-2007.

Isto mostrará a todos (jornalistas, adeptos “pseudo vips”, candidatos e putativos candidatos a presidentes, etc) que o Benfica é gerido de dentro para fora e não de fora para dentro e também que tu, meu caro Rui, és um dirigente de outra estirpe e que contigo o Benfica encontrou finalmente um rumo, uma estratégia e um projecto (coitada desta palavra tantas vezes usada no futebol Português).

Despedir Quique agora e ir buscar outro treinador (seja Jorge Jesus ou Scolari ou outro) implica recomeçar tudo de novo: novas metodologias de treino, novos esquemas tácticos, etc.

Confio que tomarás a decisão correcta.

Saudações Benfiquistas

publicado por papoila saltitante às 15:44
sinto-me:

01
Abr 09

 In "O Jogo": Árbitro reconhece que errou no lance de penalti do FC Porto-Benfica.

 

Agora digam-me lá uma coisa: depois de todo o chinfrim que foi feito à volta do penalti mal assinalado na final da taça da liga, qual dos lances é que é mais prejudicial?

O da Taça da Liga em que no fim de contas em termos puramente monetários cada um dos clubes recebeu exactamente o mesmo valor e em termos desportivos serviu para desvalorizar a Taça da Liga ou este do Porto - Benfica que expoliou o Benfica de 2 pontos e deu um a mais ao FCP (relembro que se o Benfica tivesse ganho esse jogo estaria agora apenas a 2 pontos do Porto e à frente do Sporting)?

Se o Benfica não ganhar o campeonato ou não for à Liga dos Campeões por causa deste lance qual é o valor do prejuízo?

E nessa altura não vi na imprensa nem um décimo do que se falou do penalti da Taça da Liga...

 

publicado por papoila saltitante às 18:38
sinto-me:

01
Out 08

Sinceramente vou gostar de ver o que dizem agora aqueles que tão apressadamente fizeram coro a criticar a preparação fisica do Benfica no jogo com o Porto.

Será que alguém já perguntou porque é que um jogador como o Lucho teve que descansar no fim de semana e mesmo assim não estava em condições para iniciar o jogo com o Arsenal?

Não estamos no final da época em que naturalmente o Lucho terá 50/60 jogos nas pernas. Estamos no inicio da época. 3 jogos para a Liga, 1 para a supertaça e 1 para a liga dos campeões e já precisa descansar???

Ainda bem que a preparação fisica do benfica é fraca e a do Porto é excelente....

publicado por papoila saltitante às 11:05
sinto-me:

Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


subscrever feeds
gloriosaesfera
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO