Blog de um benfiquista. Fala-se do glorioso (obviamente) mas fala-se também de situações do dia a dia com as quais embirro solenemente.

30
Out 09

Com a devida vénia reproduzo aqui parte de um artigo de opinião no jornal O Jogo (por incrivel que pareça):


Não custa nada admitir

 

SÉRGIO ANDRÉ

 

É no mínimo estranho que meio mundo esteja preocupado com a simulação de Aimar, quando o Benfica venceu o Nacional por 6-1. Tentar tirar mérito à equipa, que somou mais uma goleada, por causa de um erro do árbitro (e é preciso recordar que este não foi o primeiro do jogo...) que nem sequer teve influência no resultado final - ou estarei enganado? - é ser demasiado redutor, ultrapassando até o conceito de rivalidade clubística.


Chapeau!

publicado por papoila saltitante às 15:49
tags: ,

28
Out 09

Para desmistificar de vez a situação e ajudar a acabar com as "vozes" que proclamam que anes do 4º golo há uma "falta grosseira" sobr o Ruben Micael vejam o lance (com a devido agradecimento ao José Esteves de Aguiar do blog NovoBenfica) no youtube:

Falta grosseira? Simulação grosseira isso sim!

Este menino que eu até apreciava como jogador de futebol revelou-se uma decepção. Primeiro andou a cantarolar durante a semana a garantir que se jogasse iria marcar (coitado...), depois durante o jogo apesar de ser o melhor do Nacional a única coisa que conseguiu fazer foi um passe para um companheiro em fora de jogo marcar um golo ilegal e finalmente envolveu-se num sururu ao intervalo e ainda veio no final do jogo tentar mascarar a derrota humilhante com insinuações não concretizadas de incidentes no túnel. Tenha juizo e concentre-se em jogar à bola deixando os outros jogos para os outros actores.

publicado por papoila saltitante às 11:11

27
Out 09

 Fico espantado com as reacções das equipas adversárias no estádio da Luz. São batidos sem apelo nem agravo, levam o maior banho de bola dos últimos tempos e no fim parecem umas virgens ofendidas a reclamar contra tudo e todos.

Já foi assim com o Leixões e agora repetiu-se o filme com o Nacional. Quando jogam com o FCP são roubados à grande e á francesa como se costuma dizer e no fim ficam caladinhos, dão os parabéns á "grande equipa que o FCP tem", colocam a viola no saco e lá vão eles pregar para outra freguesia.

O Nacional quando foi ao estádio do Porto teve 2 (dois!) jogadores expulsos na sequência de um penalty mais do que duvidoso e no fim tudo calmo, o Machadês apenas se queixou da "pouca pedagogia do árbitro no lance do penalty".

Agora vem à Luz, leva 6 (sim 6), marca um golo ilegal que é validado, vê mais um golo mal anulado ao Benfica por fora de jogo de Aimar que está em posição perfeitamente legal e ainda tem a lata de vir reclamar da arbitragem no segundo tempo? Senhores tenham juízo!

O penalty assinalado sobre o Aimar não existiu, reconheço-o. Mas diminuir a vitória do Benfica devido a esse facto só por má fe tendo em atenção todos os outros lances que prejudicaram o Benfica. Tivesse o jogo sido no dragão e a equipa da casa chegaria ao intervalo a ganhar por 2-0 porque obviamente o golo do nacional teria sido anulado como devia (isto para já não falar do golo do Saviola que apesar de estar realmente em fora de jogo é tão milimétrico que é impressionante como é que o fiscal de linha conseguiu ver isso).

É nestas alturas que me apetece parafrasear o Maradona para responder a todos os que tentam diminuir os feitos de Benfica este ano.

 

PS: E o Nacional também é uma daquelas equipas que o benfica só ganha porque vão descer de divisão?

publicado por papoila saltitante às 10:59
sinto-me:

25
Out 09

Quanto tempo demorará a aparecerem noticias, comentários, análises, etc a relacionarem o golo do rio Ave com a visita do Benfica a Braga no próximo fim de semana?


PS: o golo foi ilegal pois foi, mas e o penalty no Funchal?

publicado por papoila saltitante às 09:10

23
Out 09

 

publicado por papoila saltitante às 12:14

 Vejam as palavras do treinador do Everton ao The Sun:

"My players did what they could but they were up against one or two serious players out there.

"It gave them an idea of where they have to be if they want to become top players."

 

Eu traduzo para os mais distraidos:

 

"Os meus jogadores fizeram o que puderam mas estavam a jogar contra grandes jogadores. Deu-lhes uma ideia do que têm que ser se quiserem tornar-se um jogador de topo"

Mais  palavras para quê?

 

publicado por papoila saltitante às 12:06
tags:

22
Out 09

Primeiro: É fantástico numa 5ª feira às 18h ter 45.000 pessoas no estádio da Luz. Brutal!

Segundo: Esta equipa tem qualquer coisa que arrepia. Quando as bolas começam a entrar, é certo e sabido que vem lá goleada. Os adversários ficam completamente tontos de tantos lados que elas caem.

Terceiro: Di Maria! Coitado do defesa direito. Coitado do defesa esquerdo. Coitados de todos os que lhe apareceram à frente.

Quarto: Saviola. O homem é impressionante a jogar à bola. Nunca para quieto, joga sempre ao primeiro toque, não é egoista e ainda por cima é um verdadeiro rato de área aparecendo sempre ao segundo poste livre de marcações para facturar.

Quinto: E para manter a tradição, voltámos a marcar de bola parada.

E por fim Cardozo: mais dois para a conta.

Assim dá gosto. Que diferença face ao Benfica amorfo da época passada...

publicado por papoila saltitante às 22:23

16
Out 09

O Setúbal foi sempre (para mim) um daqueles clubes simpáticos e pelo qual eu torcia sempre para que conseguisse uma classificação simpática. É pois com alguma tristeza que vejo o que aconteceu nos úlimos anos e que vai (na minha opinião) conduzir o Vitória de Setúbal à segunda divisão.

Erros de gestão inacreditáveis, sucessivos falhanços na contratação dos treinadores e jogadores, largos períodos sem direcção eleita com o recurso às comissões administrativas habituais conduziram o Vitória a uma situação que é pouco mais que dramática.

O início de época já não augurava nada de brilhante com o corropio de jogadores a entrarem e saírem para testes para formação de equipa num processo que mais parecia um casting para um programa de TV do que a formação de uma equipa de futebol.

Os (maus) resultados viram-se logo nas primeiras jornadas e o dito "melhor treinador Português da sua geração" foi despedido sem apelo nem agravo ao fim de 4 jornadas.

Foi então chamado para treinador o treinador dos juniores, um homem da casa e que não fez melhor mas também não fez pior que o anterior treinador (duvido que alguém consiga fazer muito melhor com o conjunto de jogadores que foram escolhidos no casting do Azenha).

No entanto como é habitual no futebol Português os dirigentes do Setúbal continuaram afanosamente à procura de um treinador "novo Mourinho" que transformasse aqueles jogadores numa equipa para lutar por um lugar nas competições europeias (quiçá pelo título).

E após tanto procurar, quem é que resolveram contratar? Um tal de Victor Pontes. Mais um treinador do power point, dos chavões "la palisse", pinta de modelo na TV como comentador do trabalho dos outros mas que quando chega ao terreno o que é que se vê? Um rotundo Zero e despedimentos sucessivos após deixar as equipas quase sempre em zona de despromoção.

Arrisco mesmo a dizer que o Vitor Pontes em conjunto com o Carlos Azenha seriam os grandes candidatos ao prémio "Luís Campos do Sec.XXI" se tal prémio existisse.

Pobre Setúbal. A 2ª liga está claramente ao virar da esquina.

 

publicado por papoila saltitante às 11:54

15
Out 09

Embora este seja um blog dedicado essencialmente aos temas respeitantes ao glorioso não posso deixar de comentar esta notícia do JN.

À saída do encontro com o primeiro ministro no âmbito das audiências para a formação do novo governo, Francisco Loução, disse "O Bloco de Esquerda, considerando o mandato que recebeu dos eleitores para a constituição de uma esquerda de alternativa e para trazer ao Parlamento propostas que enfrentem o núcleo decisivo da crise económica e seus efeitos sociais, e pelas diferenças óbvias em relação às grandes escolhas que o Governo e o PS têm feito ao longo do tempo, [conclui que] não há condições para qualquer forma de coligação". Francisco Louçã frisou depois que o Bloco de Esquerda apreciará "cada medida, cada proposta e cada solução de qualquer partido e, naturalmente, do Governo pelo seu valor e por um único critério: saber se dá um contributo para melhorar a vida dos nossos vizinhos, dos desempregados e dos mais pobres"

Ok, certo. É coerente com o que disse na campanha.

No entanto ao exemplificar qual foi o tema que Louçã salientou que seria possível aprovar em conjunto com o PS?

Economia, saúde, fiscalidade, justiça, educação? Qual quê isso são temas menores. O que interessa mesmo é aprovar os Casamentos entre pessoas do mesmo sexo!

Estamos elucidados sobre as prioridades do Bloco de Esquerda para melhorar o bem estar dos Portugueses... 

publicado por papoila saltitante às 16:39

14
Out 09

Voltando ao tema dos direitos televisivos e ao nervosismo que se vem instaurando em vários "opinion makers" e outros artistas do futebol:

Como já mostrei no post anterior os direitos televisivos do Benfica valem facilmente 12 a 20M€/época o que é um aumento brutal face aos 7-8M€ que recebe actualmente. Na pior das hipóteses seriam 50% de aumento, na melhor seriam 300%.

É óbvio que estas contas incomodam muita gente a começar pela entidade actualmente detentora dos direitos que começa a ver que não tem hipóteses de renegociar estes direitos ao preço da uva mijona tal como tem acontecido até aqui e acabando nos outros clubes (especialmente FCP s SCP como é óbvio) que vêm nisto uma emancipação no benfica quenão lhes convém mesmo nada.

Como é natural ninguém destes interessados aparece directamente a comentar o facto mas pululam intervenções por intermédio de terceiros a mando que tem por único objectivo forçar uma negociação colectiva dos direitos de TV. Isto é a pior coisa que aconteceria ao Benfica e é algo que esta direcção do Benfica nunca poderá deixar acontecer. Até admito (e acho provável) que uma negociação colectiva resulte num valor substancialmente superior que aquele que actualmente os direitos da 1ª e 2ª liga representam (aprox 35M€/ano). O problema é que numa negociação colectiva depois ter-se-á que encontrar uma forma justa de repartir estas receitas pelos clubes interessados e aí é que o Benfica acabará por ser inevitavelmente prejudicado.

Vejamos: Nenhuma direcção da Liga (seria naturalmente a entidade responsável por uma negociação dos direitos em bloco) teria coragem para romper a paz podre que reina no futebol Português e por isso nunca iria ter coragem para, fosse qual fosse o critério, no final do dia o Benfica recebesse mais (muito mais) do que o FCP e o SCP. Até admito que o SCP se resignasse a receber menos que os rivais mas o "papa" lá de cima haveria de mover toda a sua rede de influências mais ou menos claras para, gritando "aqui d'el rei que estão a prejudicar o norte", conseguir que o seu clube de corruptos tivesse a mesma % nas receitas que o Benfica.

É óbvio que olhando para as audiências que o Benfica atrai, nma negociação isolada o Benfica conseguirá sempre um valor substancialmente superior que os seus rivais. por isso que me perdoem os pequenos clubes mas a única maneira de o Benfica defender os seus interesses é através de uma negociação isolada fazer valer essa mais valia que é a marca Benfica, conseguindo mais receitas de TV (diria no minímo o 40-50% mais que o FCP), logo tendo mais dinheiro para investir, logo conseguindo contratar melhores jogadores, logo ganhando mais, etc.

publicado por papoila saltitante às 17:16

Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
13
17

18
19
20
21
24

26
29
31


subscrever feeds
gloriosaesfera
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Lista blogs futebol
blogs SAPO